terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

Sexo Tântrico (Índia)


Surgida na Índia, há 5 mil anos, o Tantra é uma filosofia matriarcal, onde a mulher é considerada uma Divindade. Em sânscrito, Tantra significa "o que conduz ao conhecimento". O sexo tântrico é uma forma de adiar ao máximo o orgasmo, para obter prazer prolongado. Segundo os praticantes, este é um processo que vai elevar o nível do sexo, segurando o orgasmo cada vez mais. Toda a energia retida, quando liberada, se transformará num êxtase total. Além disso se conseguirá com essa pratica a elevação espiritual, a proximidade da Divindade e com a retenção do sêmen, a longevidade masculina.

•Chakras
Chakras são pontos de energia de diferentes vibrações, representando diferentes aspectos do corpo, da alma e do espírito. Simbolizam a lei da natureza, estando em constante movimento. Eles são sete e estão localizados ao longo da coluna vertebral do corpo humano.
Sua função é de receber e transmitir energia para as áreas afetadas do corpo físico, trazendo o equilíbrio. Trabalhando com os chakras, é possível unir todos os aspectos de nossas vidas, incluindo os aspectos físicos, materiais, espirituais, sexuais, etc.


•Chakra Sacro

É o segundo chakra e está situado acima dos genitais. Ligado ao cóccix na parte superior, imediatamente acima da parte púbia, e abrindo-se para frente. Região da bacia. Órgãos de reprodução, rins, bexiga, todos os líquidos como o sangue, a linfa, os sucos digestivos e o esperma, tem relação com este Chakra, aprendizado, evoluindo em sentimentos primitivos, fluir com a vida, sensualidade, erotismo, criatividade e entusiasmo.


•Kundalini

Kundalini é um conceito com freqüência citado em relação aos chakras. Hoje, muito se ouve falar dela. Na mitologia. Kundalini é uma Deusa Serpente que dorme na base da coluna vertebral, enrolada 3 ½ vezes ao redor do primeiro chakra, aguardando a expansão. Quando ela é acordada, através de qualquer dentre inúmeras técnicas, entre elas o ato sexual, ela se desenrola e sobe através do centro do corpo espetando e despertando cada chakra conforme ela sobe. Quando ela alcança o topo, ou o chakra coronário (no topo da cabeça), então todos os chakras foram abertos e diz-se que a pessoa atingiu a iluminação.
Kundalini é uma força de grande poder, que pode produzir mudanças físicas e mentais radicais. Alguns dizem que ela é energia sexual sublimada; outros que é uma conexão de ritmo vibratório entre as ondas cerebrais e os subsistemas psicológicos. Há várias teorias, mas nenhuma delas conclusiva. Ela pode ser acionada pela prática da yoga, meditação, estimulação física, excitação mental, relação sexual ou por um mestre formado na arte de despertar a Kundalini.
•Pompoarismo (Sahajôli na yoga tântrica)
Técnica Oriental, milenar, oriunda da yoga tântrica, que ensina os cuidados com a musculatura pélvica e circunvaginal que toda mulher deve e precisa ter e que vem ajudando mulheres do mundo todo a reencontrarem o prazer sexual através dos exercícios que possibilitam as contrações vaginais e o domínio destes músculos facilitando sua movimentação aumentando também, sobremaneira, o prazer do parceiro.


•Taoísmo (China)
Sexo sem pressa é a base dessa filosofia que vem ganhado espaço na cultura ocidental. Remédio eficaz contra a impotência masculina, a prática beneficia também as mulheres sem que o parceiro precise de recursos como, por exemplo, as drogas lançadas no mercado farmacêutico para a qualidade da ereção.
A maioria das mulheres já sabe bem disso. Eles é que ainda não acreditam (aliás, poucos procuram saber), neste recurso natural e sem efeitos colaterais para garantir a virilidade e a felicidade sexual de ambos.
A filosofia taoísta vem da China, onde há mais de dois mil anos se tem a consciência de que a sexualidade é uma parte integral do ser humano. Para o taoísmo não existe a repressão ou a culpa. O sexo não é somente satisfação, mas algo saudável tanto física como psiquicamente e está relacionado com a beleza e a longevidade.
Os orientais têm praticado a "arte sexual" durante milênios partindo dos princípios básicos do Tao. Os pontos mais importantes nos quais o Tao do sexo e do amor diferem da sexualidade ocidental são o controle de ejaculação, a satisfação plena da mulher e a diferença entre orgasmo masculino e a ejaculação.

Fonte: www.neotantra.com

Um comentário:

Thyago Gonçalves disse...

Depois olha o blogger do nosso mininu.
http://zeuspitbull.blogspot.com/