sexta-feira, 27 de junho de 2008

Cromoterapia


A cromoterapia é a terapia que age através das energias despertadas pela vibração das cores (cromo), hoje utilizada no mundo inteiro e em todos os segmentos, desde os hospitais, ambientes de trabalho de multinacionais, na área de marketing, escolas e, até em residências, velórios, laser...
Cada cor tem sua própria energia, vibração e atuação. A partir do Amarelo e Vermelho (cores quentes) até ao Azul (cor fria) formamos o prisma de sete cores.
Como toda a matéria não passa de luz condensada vibrando em cores diferentes, forma um fenômeno óptico, permitindo nossos sentidos captarem de uma forma sólida e contínua toda a matéria densa que existe. Porém, a matéria etérea que escapa dos sentidos da visão, da audição, do tato, da fala e do paladar é captada pelo sexto sentido: a intuição.
Essa energia mais etérea pode ser capitada no ambiente em que estamos ou na roupa que vestimos, na cor dos alimentos que ingerimos...
Quando pensamos ou agimos também utilizamos a cor para idealizar um pensamento, dependendo da cor que utilizamos para formar uma idéia ou um desejo alcançaremos um resultado.
Por exemplo:

Vermelha: É a cor da emoção, da vitalidade e da autoridade, por estar ligada à beleza física, à sensualidade e ao fascínio da dança do fogo, que sobe, queima e saltita flamejando a lenha na lareira. Impulsiona o homem aos instintos amorosos garantindo a perpetuação da raça humana. O sangue é vermelho para poder vitalizar todo o corpo, por ser uma energia ligada a autoridade (queima quando reage) e a sensualidade (dança quando em chamas) tem o poder de renovar e perpetuar a vida.
É uma energia protetora da cabeça, do rosto, dos órgãos sexuais, das vias urinárias, dos rins e das secreções hepáticas. Ideal para criar emoções e vencer obstáculos.

Laranja:
Vibra como o Sol, é a cor da fortuna, não apenas a monetária, mas também a intelectual, vibra muito forte no poder mental, incentivando a criatividade, as atividades artísticas, desportivas e intelectuais. É a cor da expansão que causa a sensação de sairmos de nós mesmos contagiando e envolvendo os outros, como o abraço da vitória. Deixa-nos leve, vivo e jovem, por ser um excelente condutor de energia como o ouro.
É a energia que tem o desejo de vencer na vida, da abundância e riqueza. É o impulso natural que o homem tem de viver todos os dias, de armazenar alimentos ou provisões para período de escassez, para o conforto, melhoria e enriquecimento. Por ser uma energia de motivo mestre é ligada à luz e a fartura, revitaliza todo organismo e vibra mais forte na região do coração, duodeno, baço e coluna vertebral, além de fortalecer as vistas e a fertilidade. Aumenta a vitalidade e a alegria de viver, proporciona a fama e o reconhecimento nas artes, ideal para rituais de prosperidade.
Amarela: A cor da comunicação dá movimento e forma as nossas idéias, criando ordem e lógica na linha de raciocínio. É o sonho oculto da criar beleza e modelar monumentos. Por isso é muito atuante no sistema cerebral e em suas ramificações nervosas, braços, mãos, língua, ouvidos, e no sistema respiratório. Ela ajuda a vencer a timidez além de intensificar a memória e a agilidade mental. Propicia mente ativa e serena para projetos, planejamentos e criação.
Verde: É a cor da natureza, da abundância, da esperança de boa colheita. É também da união do amarelo com o azul, do sol com o céu formando a clorofila e a biopolaridade do oxigênio com o gás carbono. É a energia das realizações, das metas, da fertilidade e da reciclagem da energia vital, é uma cor intermediária como a primavera, que está entre o inverno e o verão, entre o azul passivo e o amarelo ativo, é a cor complementar do vermelho, é a cor central do prisma e do arco-íris, por isso vibra estabilidade, fidelidade, constância, responsabilidade, perseverança, longevidade, êxito profissional, sabedoria e transcendência. Protege os idosos atuando sobre os ossos, dentes, hipófise, ramificações neurológicas e organismos considerados frágeis e delicados. Ideal para expansões e empreendimentos.


Anil e Marinho:
A cor azul clara (Anil) desperta a tranqüilidade, a interiorização, a paz e a harmonização, é a cor indicada para vencer o medo. O Azul mais profundo (marinho) representa o prazer de viver, nos dá liberdade principalmente quando vem do firmamento, parece não ter fim, dando-nos profundidade para a vida, você voa nele e ele te recebe e acolhe, estimulando a auto-estima e induzindo a conquistas por ser visivelmente benéfico. Ele protege a garganta, a laringe e faringe, a fala, as cordas vocais, o paladar, além das vértebras cervicais e a nuca. Bom para dar asas à espiritualidade, para o oculto e principalmente para a vitalidade e longevidade.

Violeta:
A cor da transmutação e da espiritualidade é a união do azul que acolhe com o vermelho que agita, é a cor do entardecer que anuncia a transformação do dia em noite, estimulando a nossa capacidade de persistência na dualidade. É a cor ideal para o sucesso dos missionários ou imigrantes. Atua diretamente sobre o pâncreas e o metabolismo endócrino, na circulação arterial, na depuração do sangue evitando processos infecciosos, além de proteger os pés, a pele e os músculos. Por ser uma cor de transmutação é a cor ideal para as pessoas se livrarem dos vícios como álcool, cigarros, drogas ou até mesmo depressões. Bom para conquistar a paciência em projetos longos ou demorados.


Branco e Preto:
Essas duas cores representam a união e a ausência de todas as cores e nos levam ao plano iniciatório ultrapassando a dualidade. São as cores do universo simbólico representado no tabuleiro do Xadrez, no preto que é luto no ocidente e no branco que é o luto no oriente, no branco que é a cor do vestido da noiva e no preto que a cor do fraque do noivo, no preto que é a noite insondável e no branco que é a neve que reflete a luz fria em altitudes inatingíveis. O branco e o preto se alternam quando a palheta de cores atinge certa rotação, formando um desenho preto-branco e branco-preto criando uma nova unidade de cor. O branco é a pureza e o preto é atração magnética que tudo absorve, é o feminino e o masculino, o positivo e o negativo, o oriente e o ocidente, o yin e o yang, o sol que reflete a luz e a lua que absorve a claridade, é a presença e a ausência.

O Tom Rosa:
Por ser uma energia ligada ao amor incondicional e ao afeto é a cor mais sutil. Desperta a sensibilidade e os sentimentos puros, protege o tato, o metabolismo, as funções renais, os órgãos sexuais femininos, a região lombar, a derme e o cabelo, concede harmonia orgânica evitando a depressão. Bom para cultivar a amizades, a beleza e o amor, principalmente a si próprio.
As cores e a beleza estão em abundância na vida cotidiana, o universo colou todas as cores a nossa disposição, radiando energia e beleza. Basta apreciar o azul celeste do horizonte que se funde ao tocar o azul ultramar do oceano, ou do alaranjado do sol que passa pelo azul do céu formando o verde das matas e bosques, ou então o quadro de rosas vermelhas que enfeita o canto esquerdo da sala, o contraste colorido das roupas em um varal, do carro de cor arrojada que corre em contrate com a pálida carroça que flutua, dos pássaros que dão movimento aos vários tons de verde com silhueta amareladas das árvores...
As cores podem ser ingeridas através dos alimentos, dos sucos, ou vestidas pelas roupas, ou simbolizadas pelos ícones do nosso dia a dia. Devemos viver essas cores, comer essas cores, vestir essas cores, viver e pensar essas cores.
Um segredo que uso para manipular as cores é a pintura a óleo. Com ela aprendi a aumentar o meu campo de percepção visual, enxergar cores que nunca tinha percebido antes apesar de sempre terem estado ali, como, por exemplo, ver todas as cores em uma só arvore, os tons de verdes claros e escuros das folhas, o amarelos e laranja do reflexo do sol, os tons marrons e azul-esverdeado dos troncos, os vermelhos claros e escuros das flores, pregado em azul de tênuas nuvens brancas que se escondem no violeta do infinito, tudo contrastando com a sombra escura projetada que vai se desfazendo em degradê.
Muitas vezes o ficar sozinho com nossos pensamentos absorvendo a beleza das cores que nos rodeiam é uma terapia para solucionar todos os problemas independentes da ordem ou importância.

(Fonte:Sérgio Luiz Giannico - InforMark)

Nenhum comentário: