quinta-feira, 28 de agosto de 2008

OMS faz alerta contra danos ao planeta


Organização Mundial da Saúde mostra os efeitos das mudanças climáticas na saúde das pessoas

Para marcar a comemoração do Dia Internacional da Saúde, nesta segunda-feira, a OMS fez um alerta sobre o estado atual do planeta. De acordo com a organização, o aquecimento global traz impactos prejudiciais para a saúde pública de todos os países e só através da colaboração internacional esse desafio poderá ser vencido.

A agência das Nações Unidas fez algumas recomendações às autoridades internacionais e avisou que o quadro desenhado para um futuro não muito distante pode ser aterrador. É preciso, segundo a instituição, fortalecer a vigilância sanitária e o controle de enfermidades infecciosas.

Com o aquecimento da Terra, as doenças tipicamente tropicais, como malária e dengue, podem atingir os países hoje mais frios do Hemisfério Norte. No Hemisfério Sul pode ser ainda mais afetado por alagamentos e inundações que vão fortalecer a transmissão dessas doenças. Em outras regiões, a seca pode levar à desidratação e à desnutrição.

A poluição do ar promete mais casos de asmas, bronquites e outros problemas de ordem respiratória, além de alergias e problemas de visão. Também devem aumentar os casos de doenças ligadas ao estresse, que afetam coração, circulação e pulmões.

A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, recomenda o fortalecimento da infraestrutura de saúde em países pobres e em desenvolvimento. O maior impacto deve ser visto em regiões rurais e remotas, que serão as primeiras atingidas pelas mudanças climáticas.

(Fonte:Veja.com - 07/04/2008)

Nenhum comentário: