sábado, 7 de fevereiro de 2009

Na era de Kali Yuga


Maldita sociedade capitalista que faz as pessoas gostarem mais de objetos do que de outras pessoas. Que faz com que se preocupem mais com coisas fúteis do que com aquilo que é realmente importante.

"As mentes dos homens serão plenamente ocupadas em adquirir riquezas, e as riquezas serão gastas somente em deleite próprio. Os homens fixarão seus desejos sobre as riquezas, mesmo que adquiridas desonestamente. Nenhum homem repartirá a menor fracção da menor moeda, apesar das súplicas de um amigo. O povo estará quase sempre aterrado pelas privações e temeroso pela escassez."

"Os ladrões se tornam reis, e os reis, ladrões. As mulheres virtuosas são raras. A promiscuidade se generaliza... A terra já quase nada produz em certos lugares e muito em outros. Os poderosos se apropriam dos bens públicos e deixam de proteger o povo... pessoas sem moralidade pregam a virtude de outrem... Associações criminosas se formam nas cidades e nos países"

"As raças de escravos tornar-se-ão as senhoras do mundo. Os chefes serão homens violentos. Os reis não protegerão mais os seus povos e privá-los-ão dos seus bens. A única união entre os sexos será a do prazer. A terra não será mais apreciada senão pelas suas riquezas minerais. A vida tornar-se-á uniforme no meio de uma promiscuidade universal. Aquele que possuir mais dinheiro dominará os homens. Cada homem considerar-se-á como igual às autoridades espirituais. O povo temerá a morte e o pensamento da pobreza aterrorizá-lo-á. As mulheres não serão senão objectos de prazer sexual."

(Excertos de Vishnu Purana)

Nenhum comentário: