quinta-feira, 2 de abril de 2009

Pássaros de Brahman

Espero que você encontre a cada dia de sua vida, sua razão de viver em paz em harmonia com Deus e suas leis divinas que a natureza nos mostra todos os dias.
Namastê =)


Quando a Luz da espiritualidade tocou o meu ser, minha mente se tornou um lago sereno.
Assim, na quietude da alma, apreciei os arredores do lago. Uma névoa dourada emergia de suas águas e com ela minha paz se aprofundava cada vez mais.
Essa névoa se expandia e envolvia tudo. Logo o lago se tornara pura Luz.
Foi ai que percebi o canto de três lindos pássaros.
O primeiro era de um lindo tom azul. Voava com alegria e seu canto era puro Amor.
Carregava em seu bico uma semente azul.
O segundo era verde e seu canto era puro equilíbrio. Carregava a semente de cor verde.
O terceiro era vinho e cantava a Suprema Compaixão. Carregava a semente de cor vinho.
Os três pássaros voavam juntos e quando sobrevoaram o lago, lançaram suas sementes nas águas do lago e no mesmo lugar aonde as sementes caíram foi surgindo um esplendor que superava o brilho do lago.
Um grande lótus verde foi surgindo e em seu interior estava sentado o Senhor Buda.
Ele olhou para mim e com um sorriso de luz me disse: "Não tenha medo. Eu sou o Equilíbrio e vim fazer morada em você."
Em seguida, surgiu um lótus de cor azul e no seu interior estava o ladrão de corações. Ele dançava alegremente, pulava em júbilo e tocava sua flauta. Era o Senhor Krishna. Ele me olhou e disse: "Sorria! Sou o Amor e vim fazer
morada em você!".
O terceiro lótus, de cor vinho, surgiu. Em seu interior estava um Ser em completa concentração. Era Jesus e Seu olhar abraçava o mundo. Ele sorriu e me disse: "Sou a compaixão e vim fazer morada em você."
Então os três lótus se aproximaram tocando suas pétalas.
Jesus, Buda e Krishna se deram as mãos e ergueram seus olhares ao Pai Celestial. Um turbilhão de Luz surgiu no centro do círculo formado por esses três mestres.
Com os olhares marejados de amor em direção ao Altíssimo, Eles disseram:
"Somos o Caminho. Quem o percorre atinge a sabedoria. O Sábio se une a Nós!".
Eles foram se tornando uma névoa dourada. Névoa essa que foi sugada pelo turbilhão de Luz.
Os três lótus se movimentaram e assumiram suas posições originais.
A Compaixão estava no topo da cabeça, o Equilíbrio no centro do peito e o Amor na base da coluna.
A circulação dessas três energias é a Vida do ser.

Fonte:
http://acaohindu.sites.uol.com.br

Nenhum comentário: