sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Prestar Atenção

Muitas vezes quando paramos pra pensar na nossa vida, vemos que passamos a maior parte do dia no “piloto automático”. Reagindo mecanicamente aos fatos que se apresentam pela rotina, sendo sempre levados por uma espécie de comportamento vicioso, que muitas vezes nos tira do nosso centro de equilíbrio interno sem que percebamos. Como se estivéssemos dormindo, o tempo inteiro.

É essencial prestar atenção nos seus atos, no que você fala e pensa, como reage a determinadas situações. Mais essencial ainda, é procurar sempre parar para pensar sobre a razão das coisas que você faz, a finalidade, o objetivo; “para que estou fazendo isso? isso vai me ser útil? qual minha motivação para este ato? terá nisso algum objetivo maior, ou estou apenas reafirmando um comportamento vicioso que não me serve?”.

Prestar bastante atenção também no que vem do externo pra você. As influências que as pessoas têm sobre seus pensamentos, emoções e atitudes. Lembrar que você deve ter o domínio sobre si mesmo, e só assimilar as boas influências.

Lembrar que o mundo está cheio de pessoas de todo o tipo, algumas “boas” e algumas “em mau caminho”. Muitas destas últimas, parecem estar cheias de boa vontade e comprometimento com uma causa maior, porém só estão se aproveitando da boa fé de outras pessoas para lucrarem com isto. Desconfie de soluções mágicas demais, métodos e mais métodos, um novo livro que ensina a ser um Deus em 10 passos… isso tudo pode ser até a mais pura verdade (para quem acreditar), e algumas pessoas precisam dessas “cartilhas” - só existe esse tipo de material no mercado porque há muitos que compram - , mas isso é totalmente opcional, se o seu desejo for realmente o de ser uma pessoa melhor e se encontrar consigo mesmo, e ter uma vida melhor também, é claro - em todos os níveis…

Saibamos, entretanto, que não existe mágica, é o seu trabalho interior e a sua dedicação, sua FÉ. Podem lhe mostrar o caminho e até a porta, mas só você poderá passar por ela.

SÓ DEPENDE DE VOCÊ!

Fonte:
http://blog.alemdosegredo.com/

Nenhum comentário: