quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Mãe toda poderosa

“Mãe toda poderosa, mãe do pássaro da noite (...)
Grande mãe com quem não ousamos coabitar
Grande mãe cujo corpo não ousamos olhar
Mãe de belezas secretas
Mãe que esvazia a taça
Que fala grosso como homem,
Grande, muito grande mãe no topo da árvore iroko,
Mãe que sobe alto e olha para a terra(...)”

(Beier in Pemberton, 1982, p. 192).

Imagem by ~JusticeVonBrandt

Nenhum comentário: