segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Nosso Folclore Brasileiro


Qual a origem do folclore brasileiro?

O folclore brasileiro, formou-se ao longo dos anos por influência dos nossos antepassados constituídos principalmente por índios, brancos e negros, nossa cultura originou dessa mistura de raças, costumes e tradições.

Região Sul

Danças: congada, cateretê, baião, chula, chimarrita, jardineira, marujada.
Festa tradicionais: Nossa Senhora dos Navegadores, em Porto Alegre; da Uva, em Caxias do Sul; da Cerveja, em Blumenau; festas juninas; rodeios.
Lendas: Negrinho do Pastoreio, do Sapé, Tiaracaju do Boitatá, do Boiguaçú, do Curupira, do Saci-Pererê.
Pratos: churrasco, arroz-de-carreteiro, feijoada, fervido.
Bebidas: chimarrão, feito com erva-mate, tomado em cuia e bomba apropriada.

Região Sudeste

Danças: fandango, folia de reis, catira e batuque.
Lendas: Lobisomem, Mula-sem-cabeça, Iara, Lagoa Santa.
Pratos: tutu de feijão, feijoada, ligüiça, carne de porco. Artesanato: trabalhos em pedra-sabão, colchas, bordados, e trabalhos em cerâmica.

Região Centro-Oeste

Danças: tapiocas, congada, reisado, folia de reis, cururu e tambor .
Festas tradicionais: carvalhada, tourada, festas juninas.
Lendas: pé-de-garrafa, Lobisomem, Saci-Pererê, Ramãozinho.
Pratos: arroz de carreteiro, mandioca, peixes.

Região Nordeste
Danças: frevo, bumba-meu-boi, maracatu, baião, capoeira, caboclinhos, bambolê, congada, carvalhada e cirandas.
Festas:: Senhor do Bonfim, Nossa. Senhora da Conceição, Iemanjá, na Bahia; Missa do Vaqueiro, Paixão de Cristo, em Pernambuco; romarias - destaca-se a de Juazeiro do Norte, no Ceará.

Região Norte

Danças: marujada, carimbó, boi-bumbá, ciranda.
Festas: Círio de Nazaré (Belém), indígenas.
Artesanato: cerâmica marajoara, máscaras indígenas, artigos feitos em palha.
Lenda: Sumaré, Iara, Curupira, da Vitória-régia, Mandioca, Uirapuru. Pratos: caldeirada de tucunaré, tacacá, tapioca, prato no tucupi .

Danças e Folguedos

• Folguedos - São Festas em que predomina o espírito lúdico.Em geral, são realizadas anualmente, em diversas regiões do país, em datas mais ou menos fixas. Algumas delas têm origem religiosa, tanto católica como de cultos africanos ou mesmo do sincretismo afro-brasileiro. Essa religiosidade permanece latente na maioria dos casos. São exemplos dessas festas: Bumba-meu-boi, Cavalhadas, Congada, Fandango, Farra do boi, Maracatu, Moçambique, Touradas, Vaquejadas, etc)
• Danças - São danças religiosas , dramatizadas (encenadas ou representadas com algum enredo), guerreiras, fúnebres, medicinais, mágicas, de colheita (após uma boa colheita, forma-se um bailado), festivas e as puramente recreativas. Entre as danças mais conhecidas podemos citar: o cururu, a catira, a dança dos congos, dança do tambor, lundu, quadrilha.
• Danças dramatizadas : O folclore brasileiro possui diversas danças encenadas ou representadas com algum enredo.
-De origem indígena: Caboclinhos ou cabocolinhos / Caiapós / Guerreiros / Cateretê .
-De origem africana: Maracatu / Congo ou congada / Taieira / Quilombo.
-De origem portuguesa: Bumba-meu-boi, principalmente no Maranhão e Piauí. Recebe nomes diferentes, de acordo com a região em que é festejado: Boi-bumbá, Boi-mamão, Boizinho, Boi de reis / Folias de Reis / Cordão de bichos / Cheganças e Pastoris (no Nordeste) / Chimarrita e Fandango (no Rio Grande do Sul).
Podemos perceber a influencia indígena em vários traços da nossa cultura:
- Nos alimentos: como a mandioca, milho, guaraná, palmito
- Em objetos: rede de dormir, esteira, cestos, jangada, canoa, armadilhas de caça e pesca. - Instrumentos musicais: como maraca, chocalho
- Nas danças: Caboclinhos ou cabocolinhos, Caiapós, Guerreiros, Cateretê e Cururu (em Minas Gerais, Goiás e São Paulo, onde a influência indígena foi bem marcante)
- Em várias lendas
- No nosso vocabulário: inúmeras palavras da língua tupi como: abacaxi, amendoim, arara, caju, jacaré, mandioca, milho, pipoca, piranha, sabiá, tatu, urubu / nomes de pessoas: Araci, Iara, Jacira, Maíra, Moema, Ubirajara / nomes de lugares: Chapecó, Cuiabá, Curitiba, Goiás, Guanabara, Guaratinguetá, Ipanema, Ipiranga, Itajubá, Manaus, Paraná, Piauí, Roraima, Tapajós
- Hábitos: o uso do tabaco, o banho diário, o uso de cores fortes e enfeites.

Fonte:
http://www.qdivertido.com.br/verfolclore.php?codigo=20

Nenhum comentário: